Nunca é demais lembrar este, que é um dos temas centrais para o despertar dentro da Matrix. Trata-se de uma antiga farsa que está em cursos até os dias de hoje, enganando muita gente.

O drama particular, a vida de cada um de nós, está inserido num drama maior, mais amplo e muito mais antigo. Somos personagens dessa história, quer gostemos disso, quer não. E a tomada de consciência nos favorece.

Quando falamos de Bíblia, é fundamental entender que, ao contrário do entendimento comum, a Bíblia NÃO é um livro, mas uma compilação de livros de origem distintas e essa compilação foi feita por ninguém menos que a elite romana (Igreja).

De acordo com as escrituras:

Jeová, o deus do Velho Testamento, foi visto por muitos homens. (Gn 12:7; 17:1; 18: 1 a 8; 26:24; 32: 22 a 32. Êx 3: 1 a 6; 24: 9 a 11; 33: 11 e 18 a 23. Nm 12: 6 a 8. Is 6: 1 a 5. Am 9:1. I Rs 22:19. I Rs 11:9).

Mas o Deus revelado por Cristo nunca foi visto por nenhum homem. (Jo 1:18; 5: 37; 6:46. 1° Tm 6:16. 1° Jo 4:12. Cl 1:15. 1° Tm 1:17).

Além disso, o deus do Velho Testamento se envolve com as trevas. Jeová criou as trevas (Is 45:7). Jeová habita nas trevas (1° Rs 8:12). Jeová se esconde nas trevas (Sl 18:11). Jeová deu a lei dos 10 mandamentos do meio das trevas (Êx 20:21. Dt 4: 10 a 13; 5: 22,23).

Já Deus, o Pai de Jesus, não tem nenhum envolvimento com as trevas. Deus Pai é pai das luzes (Tg 1:17). Deus Pai é luz e não há nele trevas nenhuma (1° Jo 1: 5). Deus Pai habita na luz (1° Tm 6:16).

Observamos que Jeová, deus do Velho Testamento, tenta os homens. Tentou a Abraão (Gn 22:1). Tentou o povo de Israel no deserto (Dt 8:2). Tentou o rei Ezequias (2° Cr 32:31). Jeová foi tentado 10 vezes pelos seus servos (Nm 14:22). Jeová foi tentado pelo Diabo (Jô 2:3).

Mas o Deus Pai não tenta a ninguém e nem pode ser tentado pelo mal (Tg 1;13).

Jeová, deus do Velho Testamento, mente e engana. (1° Rs 22: 19 a 23. 2° Cr 18: 18 a 22. Jr 4:10; 20: 7, 8. Ez 14:9. 1° Sm 16: 1, 2).

Porém o Deus Pai não mente e nem engana. (Tt 1:2). Na boca de Jesus não se achou engano (1° Pd 2:22). Da verdade não pode sair a mentira (1° Jo 2:21). Jesus ensinou que a mentira é obra do Diabo (Jo 8:44). E o deus Jeová mente? Não seria o deus Jeová o verdadeiro Diabo, pai da mentira?

Vemos ainda que o deus Jeová é o Rei deste mundo. (Sl 24:1. Sl 47: 1 a 8. Sl 22;28. Jr 10:7. Jr 27: 4 a 8. Dn 4: 34, 35).

Mas as escrituras deixam claro que o Deus Pai e Jesus não reinam neste mundo (Jo 18:36). O Novo Testamento ensina que quem governa o mundo que estamos é o Maligno (1° Jo 5:19). Os reinos deste mundo estão nas mãos de Satanás (Lc 4: 5 a 8 ). Para os autores das escrituras neotestamentárias, o deus Jeová é o deus deste mundo, é o Maligno, é Satanás.

O Senhor Jesus afirmou que ninguém conhece o Pai a não ser o Filho (Mt 11:27).

Portanto, o deus que foi revelado no Velho Testamento não é o Pai de Jesus.

YHWH é na verdade um anjo. Vide:

At 7:38,  At 7:53, Gl 3:19 e Hb 2:2.

Esses textos afirmam que a lei veio dos anjos, e todos nós sabemos que a torah ensina que a lei veio de deus, concluímos que o deus da lei é um anjo usurpador.

O ministério deste anjo, YHWH, terminou em João Batista (Mt 11:13. Lc 16:16).

O ministério do deus do Velho Testamento é o ministério da morte e condenação (2 Co 3: 7 a 9).

O deus do VT veio para roubar, matar e destruir (Js 8: 1 a 27. Sf 2:9. Is 10: 5 a 7).

O deus de Moisés é o ladrão que veio antes de Cristo (Jo 10: 8 a 10).

O Deus Pai de Jesus veio em Cristo nos salvar e nos dá vida em abundancia (Jo 10:10. Jo 3:16,17. 1 Tm 2:3.4).

Conclusão: Jeová não é Deus. Contudo, é a ele que todas as Igrejas prestam devoção. É também ele, o dono do olho no topo da pirâmide, que os maçons reverenciam.

“O mundo jaz no maligno” (Jo 5:19) – Esse maligno é o próprio “deus”.

Obs: trechos retirados do livro “Jeová, Falso Deus”.

Anúncios